Eleitorado é feminino e tem 1o grau incompleto, diz TSE

terça-feira, 15 de julho de 2008 17:25 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O total de eleitores habilitados a votar nas eleições municipais de outubro soma 130,5 milhões. A maioria, ou 51,8 por cento, é formada por mulheres e a maior parte do eleitorado tem o primeiro grau incompleto, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira pelo Tribunal Superior Eleitoral.

Os eleitores são exatos 130.469.549, sendo 67.483.419 mulheres e 62.824.986 homens. A tendência do maior eleitorado feminino vem crescendo e teve início na eleição de 2000, quando superou o masculino, totalizando 50,48 por cento do total.

O Estado do Rio de Janeiro apresenta média acima da nacional, com 53,29 por cento dos eleitorado formado por mulheres. Pernambuco, Ceará e São Paulo também têm forte eleitorado feminino, com mais de 52 por cento de participação das mulheres.

Do lado oposto, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins têm colégios eleitorais marcados pela predominância masculina.

O TSE informa ainda que a maior parcela do eleitorado tem primeiro grau incompleto --44.456.754, ou 34,07 por cento do total. Sabem apenas ler e escrever 20.367.757 e 10.129.580 concluíram o primeiro grau. Os analfabetos, que também podem votar, atingem 8 milhões.

Tem segundo grau incompleto 18,10 por cento do total e outros 12,10 por cento concluíram o segundo grau. Apenas 3,49 por cento do universo de eleitores brasileiros concluiu o ensino superior.

O eleitorado é formado na maioria por pessoas entre 25 e 59 anos, que representam mais de 66 por cento do eleitorado brasileiro.

As eleições de 5 de outubro para escolha de prefeitos, vices e vereadores serão realizadas em 5.563 municípios. (Reportagem de Carmen Munari)