CÂMBIO-Dólar sobe mais de 3% com temores de recessão global

quarta-feira, 15 de outubro de 2008 17:04 BRT
 

(Texto atualizado com mais informações)

SÃO PAULO, 15 de outubro (Reuters) - O dólar fechou em alta de mais de 3 por cento nesta quarta-feira, acompanhando a piora dos mercados, frente aos temores sobre uma recessão econômica global.

A moeda norte-americana BRBY fechou cotada a 2,164 reais, em alta de 3,29 por cento, após ter disparado quase 5% na máxima do dia.

"O grande problema é lá fora", avaliou João Medeiros, diretor de câmbio da corretora Pioneer. "É uma baita de uma incerteza", acrescentou, citando as preocupações com a recessão econômica, especialmente nos Estados Unidos.

Dados divulgados nesta quarta-feira apontaram a maior queda nas vendas no varejo em mais de três anos e a pior atividade manufatureira em Nova York desde o início da leitura, em 2001.

Esses indicadores contribuíram com a piora dos mercados acionários dos EUA, que caíam mais de 5 por cento.

Na Europa, após dois dias de euforia, o mergulho das bolsas superou 6 por cento, enquanto, no Brasil, a Bovespa chegou a interromper os negócios, após desabar 10 por cento.

"O pessoal estava otimista na segunda. Na terça mais ou menos", avaliou Reginaldo Galhardo, gerente de câmbio da corretora Treviso, referindo-se às intervenções de vários governos no início da semana para ajudar bancos em diversas partes do mundo. "(Nesta quarta), o pessoal sentiu que a coisa não ía embora", acrescentou, citando a ameaça de recessão.   Continuação...