Vale diz que plano de investimento não alterará nível da dívida

segunda-feira, 15 de outubro de 2007 21:13 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - A Companhia Vale do Rio Doce, maior produtora mundial de minério de ferro, informou nesta segunda-feira que o nível de sua dívida líquida sofrerá pouca alteração, apesar do plano anunciado na semana passada pela empresa de investir 59 bilhões de dólares em cinco anos.

A empresa contará com seu fluxo de caixa para financiar seu plano de investimentos, e a proporção de sua dívida contra o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) deve cair nos próximos anos, disse o presidente-executivo da Vale, Roger Agnelli, a jornalistas na Bolsa de Valores de Nova York.

O nível da dívida atual da companhia está em 19 bilhões de dólares.

O investimento em minas novas de menor custo, aliado à melhoras de eficiência e automação, vai permitir à empresa reduzir seus custos de produção para os mesmos níveis registrados em 2004, segundo o executivo.

"Nosso objetivo é voltar ao nível de custos de 2004. Chegamos ao pico no ano passado e já estamos reduzindo isso um pouco", disse.

Na semana passada, a Vale anunciou que planeja gastar 59 bilhões de dólares no período entre 2008 e 2012 para mais que dobrar sua produção de cobre e expandir a produção de minério de ferro e de níquel.

(Por Walter Brandimarte)