CÂMBIO-Dólar segue fluxo e mercado externo e exibe leve baixa

quinta-feira, 15 de maio de 2008 10:49 BRT
 

SÃO PAULO, 15 de maio (Reuters) - O dólar operava perto da estabilidade nesta quinta-feira, monitorando o fluxo de recursos para o país e o comportamento do mercado internacional em uma sessão ainda tímida.

Às 10h48, a moeda norte-americana BRBY era cotada a 1,661 real, com leve baixa de 0,12 por cento.

"O mercado continua pequeno ainda. Tem que ganhar um pouco mais de volume", disse José Roberto Carreira, gerente de câmbio da Fair Corretora. "O único atrativo que tem nesse mercado é o Banco Central, que entra comprando", completou, em referência aos leilões para composição das reservas internacionais.

Em meio à relativa fraqueza, o mercado acompanhava o movimento de capitais para o país --que tem sido positivo nas últimas sessões, segundo agentes de mercado. "Aqui (no mercado de câmbio) o que faz a diferença é fluxo", explicou Carreira.

O mercado também monitorava o desempenho dos índices internacionais. As bolsas norte-americanas abriram perto da estabilidade, patinando com dados do mercado de trabalho e com declarações do chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, sobre a situação financeira dos bancos. O dólar, no entanto, operava em ligeira baixa diante de outras moedas, como o euro.

Os agentes mantinham a cautela, no entanto, diante da possibilidade de uma atuação mais firme do governo no mercado de câmbio com o objetivo de compor o fundo soberano nacional.

Miriam Tavares, diretora de câmbio da AGK Corretora, disse em relatório que isso, ao lado de uma piora no cenário externo, pode pressionar a taxa de câmbio de forma mais brusca.

(Reportagem de Silvio Cascione; Edição de Vanessa Stelzer)