Mercados da Ásia têm leve recuperação, mas seguem cautelosos

terça-feira, 15 de abril de 2008 08:11 BRT
 

Por Tom Miles

HONG KONG (Reuters) - Investidores tomaram posições nas bolsas asiáticas nesta terça-feira à medida que os mercados se preparam para uma leva de resultados de bancos norte-americanos, com alguns migrando para investimentos considerados mais seguros como bônus e ouro e outros apostando que o pior momento das turbulências já passou.

O preço do petróleo atingiu um novo recorde, acima de 112 dólares o barril, ajudado pelo dólar em queda depois de avançar recentemente após comentários de representantes do G7 no fim de semana.

Às 7h59 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne mercados da região Ásia-Pacífico exceto Japão tinha alta de 0,46 por cento, aos 467,55 pontos, próximo ao fim dos negócios.

O índice Nikkei da bolsa de TÓQUIO fechou em alta de 0,6 por cento, a 12.990 pontos, depois de cair cerca de 3 por cento na véspera.

A semana deve ser de cautela, com o grandes bancos dos Estados Unidos divulgando balanços a partir de quarta-feira, que podem mostrar mais problemas relacionados à crise de hipotecas de alto risco norte-americanas.

"Depois das notícias do Wachovia, os investidores não podem comprar ações de instituições financeiras ativamente, mas eles agora parecem querer comprar as mais afetadas por quedas à medida em que contabilizam os fracos resultados do setor", afirmou Zenshiro Mizuno, diretor-gerente sênior de ações na Marusan Securities, em Tóquio.

"Apesar disso, o movimento deve ser calmo já que os investidores aguardam resultados de bancos como o Citigroup." A bolsa de TAIWAN subiu 0,4 por cento para seu maior nível em cinco meses depois que o banco central da ilha detalhou os primeiros passos de seu plano para conversibilidade entre o dólar taiuanês e o iuan chinês, dando força para o setor bancário.

O índice da bolsa de SYDNEY subiu 1,1 por cento com empresas do setor base se beneficiando da alta nos preços dos metais e petróleo.   Continuação...