Relatório da ONU prova que Irã está correto, diz presidente

quinta-feira, 15 de novembro de 2007 16:06 BRST
 

TEERÃ (Reuters) - O presidente do Irã disse nesta quinta-feira que o relatório da agência nuclear da ONU provou que Teerã está dizendo a verdade sobre seus planos nucleares e que o país está certo ao resistir à pressão de países do Ocidente, informou a agência de notícias estatal Irna.

Uma autoridade sênior do setor nuclear do Irã acrescentou que o relatório da Agência Internacional de Energia Nuclear (IAEA, na sigla em inglês) significa que mais discussões sobre o programa nuclear iraniano no Conselho de Segurança da ONU seriam ilegais.

"Nós recebemos bem isto, que a Agência Internacional de Energia Nuclear encontrou seu papel e que com a publicação do relatório do (chefe da IAEA, Mohamed) ElBaradei o mundo irá ver que a nação iraniana está certa e que a resistência de nossa nação tem sido correta", disse o presidente Mahmoud Ahmadinejad.

Países do Ocidente têm acusado o Irã de querer construir bombas atômicas com seu programa nuclear civil. Teerã insiste que só quer produzir eletricidade.

"Será uma surpresa se eles continuarem a discutir o caso do Irã no Conselho de Segurança da ONU porque, baseado nesse relatório, a discussão não terá base legal nem internacional", disse Mohammad Saeedi, subdiretor da Organização de Energia Atômica do Irã, à Reuters.

(Por Parisa Hafezi; Edição em português 5511 56447738))