BOLSA EUROPA-Bancos e montadoras pesam e índices recuam

terça-feira, 15 de abril de 2008 08:31 BRT
 

Por Blaise Robinson

PARIS, 15 de abril (Reuters) - As principais bolsas européias operavam em queda na manhã desta terça-feira, encabeçada por bancos e papéis de montadoras, que ofuscavam forte ganho nas ações da farmacêutica AstraZeneca (AZN.L: Cotações) e de papéis do setor de commodities.

Às 8h26 (horário de Brasília), o índice FTSEurofirst 300 .FTEU3 tinha leve queda de 0,18 por cento, aos 1.272 pontos. O índice acumula queda de 4 por cento desde 7 de abril, afetado por preocupações com recessão e resultados fracos de empresas.

A anglo-suíça AstraZeneca (AZN.L: Cotações) tinha alta de 8 por cento depois de encerrar uma disputa de patentes com a indiana Ranbaxy Laboratories RANB.BO que envolvia seu medicamento mais vendido, a pílula para tratamento de úlcera Nexium.

A petrolífera espanhola Repsol (REP.MC: Cotações) disparava quase 10 por cento e a rival britânica BG BG.L subia cerca de 6 por cento. Ambas as empresas são parceiras da Petrobras na área de exploração conhecida como Carioca, região que pode conter uma das maiores reservas de gás e petróleo do mundo, segundo afirmou o diretor da Agência Nacional de Petróleo na terça-feira. Ele acrescentou que a descoberta tem potencial para ser a maior em 30 anos.

No sentido contrário, além dos bancos pesam na sessão a ações de montadoras depois da publicação das vendas do setor na Europa mostrado uma queda mensal e trimestral. Daimler (DAIGn.DE: Cotações) perdia 1,45 por cento, Fiat FIA.MI cedia 5,21 por cento e Peugeot (PEUP.PA: Cotações) se desvalorizava em 3,24 por cento.

Confira o desempenho das principais bolsas européias às 8h26:

BOLSA PONTUAÇÃO VARIAÇÃO %   Continuação...