Petróleo nos EUA fecha abaixo de US$100 por turbulência

segunda-feira, 15 de setembro de 2008 20:38 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo nos Estados Unidos fecharam em forte queda nesta segunda-feira, abaixo de 100 dólares o barril pela primeira vez desde março.

O colapso do Lehman Brothers e os temores sobre outras instituições derrubaram as ações e pesaram sobre os preços do petróleo, que já recuavam por conta de um estrago menor do que o esperado causado pelo furacão Ike.

"A tempestade em torno do colapso do Lehman obviamente teve mais impacto no mercado de petróleo do que a tempestade Ike", afirmou Mike Fitzpatrick, vice-presidente da MF Global.

Na Nymex, o contrato outubro caiu 5,47 dólares, ou 5,41 por cento, para 95,71 dólares por barril, sendo negociado entre 94,13 e 101,19 dólares.

O fechamento de 4 de março foi a última vez que o petróleo ficou abaixo do patamar de 100 dólares.

A mínima do dia a 94,13 dólares foi o preço mais baixo do petróleo desde 14 de fevereiro.

Em Londres, o petróleo tipo Brent caiu 5,20 dólares, ou 5,33 por cento, para fechar a 92.38 dólares por barril, sendo negociado entre 91.17 dólares e 96,59 dólares.

Os preços do petróleo têm sido pressionados recentemente por uma demanda em queda e o choque dos mercados financeiros desta segunda-feira alimentou preocupações sobre reduções adicionais na demanda.

As mercados acionários globais despencaram, puxados pelas ações financeiras, à medida que o colapso do Lehman Brothers causou a fuga dos investidores de ativos de risco e buscaram refúgios seguros, como os títulos do governo, ouro e o franco suíço.

(Reportagem de Robert Gibbons)