Petrobras busca comprar refinaria da Valero em Aruba

terça-feira, 15 de abril de 2008 17:36 BRT
 

Por Denise Luna

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O diretor da área internacional da Petrobras, Jorge Zelada, afirmou nesta terça-feira a jornalistas que a estatal irá retomar neste mês negociações com a Valero Energy para possível compra de uma refinaria em Aruba.

Zelada ainda disse que a Petrobras não tem interesse em outros ativos da companhia norte-americana.

"Houve um acidente na refinaria de Aruba recentemente, e ela está passando por reparos. Deveremos retomar as negociações em abril e inspecionar as instalações", afirmou ele.

Fontes familiares às negociações entre as duas empresas disseram que a Petrobras concordou em comprar a refinaria de Aruba, com capacidade de 275 mil barris por dia, por cerca de 2,8 bilhões de dólares antes do incêndio ocorrido em 25 de janeiro em uma unidade de destilaria à váculo.

Um porta-voz da Valero recusou-se a comentar as declarações de Zelada ou possíveis compradores e preço de venda da refinaria.

Os consertos na refinaria da Valero em Aruba devem ser finalizados neste mês. A Petrobras não vai assumir a refinaria até que os reparos estejam completos, disseram as fontes.

A Valero, cuja capacidade de produção é de 3,1 milhões de barris por dia em 16 refinarias, afirmou no mês passado que estava considerando vender quase um terço de suas operações na América do Norte, em meio a uma redução no ritmo da economia dos EUA que está afetando a demanda de combustíveis.

A refinaria de Aruba não tem uma unidade de transformação catalítica para fazer gasolina. A empresa tem usado a refinaria como produtor de matérias-primas intermediárias, que são levadas para outras refinarias para a produção de produtos finalizados.   Continuação...