Vendas industriais sobem 0,7% em novembro, emprego cai

terça-feira, 15 de janeiro de 2008 13:46 BRST
 

Por Isabel Versiani

BRASÍLIA (Reuters) - As vendas da indústria brasileira cresceram pelo quinto mês consecutivo em novembro, mas o emprego no setor recuou após dois anos de expansão contínua.

Para a Confederação Nacional da Indústria, que divulgou os dados nesta terça-feira, ainda é cedo para falar em acomodação do emprego industrial. A avaliação é de que o cenário geral para a indústria seguirá positivo pelo menos no primeiro trimestre deste ano.

As vendas cresceram 0,7 por cento em novembro frente a outubro, segundo dados ajustados sazonalmente. O emprego no setor recuou 0,1 por cento e o uso da capacidade instalada subiu discretamente --para 82,9 por cento, frente a 82,8 por cento em outubro.

Segundo Paulo Mól, economista da CNI, os dados dos meses seguintes confirmarão se o recuo no emprego em novembro marcou uma mudança de tendência ou foi apenas oscilação estatística.

"Não dá para falar em acomodação do indicador ainda, precisamos esperar os próximos períodos", afirmou.

Ele acrescentou que, com exceção do emprego, os dados com ajuste de novembro foram afetados pelo Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro.

É que muitos municípios, que até então não comemoravam a data com feriado, passaram a fazê-lo, como Manaus, o que comprometeu as comparações com anos anteriores. Para efeito estatístico, a data foi computada como dia útil por não se tratar de um feriado nacional.

INCERTEZAS A PARTIR DE ABRIL   Continuação...