Acordo sobre estrutura de negociação está próximo na Bolívia

segunda-feira, 15 de setembro de 2008 07:33 BRT
 

Por Eduardo Garcia e Simon Gardner

LA PAZ (Reuters) - O governo e a oposição boliviana disseram na segunda-feira que estão próximos de chegar a um acordo sobre a estrutura das negociações para tentar pôr fim a uma crise política e esperam chegar a um pacto sobre novas conversações ainda nesta segunda-feira.

O presidente Evo Morales se reuniu nas primeiras horas do dia com Mario Cossio, governador da província de Tarija, rica em gás. Cossio representou o grupo de governadores que buscam autonomia e se opõem às reformas defendidas por Morales.

Eles concordaram em retomar as conversas na segunda-feira, assim que Morales retornar de uma cúpula com presidentes sul-americanos no Chile, encontro que pretende mediar uma solução para a crise boliviana, responsável por confrontos violentos que já mataram cerca de 30 pessoas.

Na última semana a Bolívia viveu dias tensos com governadores da situação e da oposição elevando o tom de rejeição às reformas de Morales, que acusa a oposição de tentar derrubá-lo.

"É melhor levar um pouco mais de tempo para garantir que seja feito certo do que terminar mal ou não terminar", disse Cossio a repórteres antes do segundo encontro com Morales no palácio presidencial.

"Então concordamos em nos dar mais algum tempo e nos vermos de novo na noite de amanhã, assim que o presidente retornar do Chile", acrescentou. "Estamos avançando bem, espero que possamos terminar tudo até amanhã."