15 de Janeiro de 2008 / às 20:48 / 10 anos atrás

PANORAMA2-Temor de recessão nos EUA derruba mercados no Brasil

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 15 de janeiro (Reuters) - O medo de uma recessão nos Estados Unidos voltou a abater os mercados globais nesta terça-feira.

O mau humor foi disparado pela queda de 0,4 por cento nas vendas do varejo dos Estados Unidos em dezembro. A fraqueza do setor, que já era antecipada por alertas de lucros de várias empresas, foi interpretada pelos investidores como um sinal de que a crise de crédito já tem efeitos claros sobre o consumo, principal motor da maior economia do mundo.

Perguntado se a economia pode estar em uma recessão puxada pelo consumo, Michael Metz, estrategista-chefe de investimentos da Oppenheimer & Co., em Nova York, disse achar que sim. “E eu penso que vai ser a mais séria do pós-guerra.”

O clima de pessimismo foi ajudado pelo maior prejuízo trimestral da história do Citigroup (C.N).

Com o temor de uma recessão, as bolsas em Nova York caíam cerca de 2 por cento pouco antes do fechamento do pregão. O rendimento dos Treasuries de referência, o de 10 anos, chegou a atingir a mínima desde 2004.

No Brasil, o maior impacto foi sentido pela Bovespa, que fechou abaixo de 60 mil pontos pela primeira vez no ano.

O dólar subiu 1,04 por cento, em mais uma sessão com volume abaixo da média --segundo operadores, a incerteza externa tem travado os negócios. O mercado de juros futuros ficou divorciado do nervosismo.

O relatório de preços ao produtor nos EUA teve pouca repercussão no mercado.

Veja como encerraram os principais mercados nesta terça-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,753 real, em alta de 1,04 por cento. O volume do segmento interbancário foi de 1,4 bilhão de dólares.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa caiu 3,67 por cento, a 59.907 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 5,8 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

Perto do fechamento, o índice de principais ADRs brasileiros operava em queda de 4,2 por cento, aos 34.860 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) cederam na BM&F. O DI janeiro de 2009 recuou a 11,98 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 caiu a 12,71 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, avançava para 135,25 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,29 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil subia 8 pontos, a 239 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 264 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

Pouco antes do fechamento, o índice Dow Jones .DJI perdia 1,7 por cento, a 12.554 pontos. O Nasdaq .IXIC caía 1,8 por cento, para 2.432 pontos. O índice S&P 500 .SPX exibia baixa de 2 por cento, aos 1.387 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subia e o rendimento caía para 3,70 por cento no final da tarde ante 3,77 por cento na segunda-feira.

Reportagem adicional de Daniela Machado e Cesar Bianconi; Edição de Daniela Machado

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below