Produção de minério de ferro da Vale sobe para 296 mi t

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008 12:42 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Vale produziu 296 milhões de toneladas de minério de ferro em 2007, volume ligeiramente abaixo da meta de 300 milhões de toneladas, devido ao excesso de chuvas e problemas em equipamentos, que prejudicaram a logística das operações, informou a empresa em comunicado nesta sexta-feira.

Em 2006, a companhia havia produzido 264 milhões de toneladas de minério de ferro.

A maior produtora de minério de ferro do mundo informou que, além das chuvas e problemas com peças de reposição, teve sua produção interrompida em novembro por invasões das operações de Carajás, "o que já foi solucionado com a ação do poder público".

Em novembro, a ferrovia Carajás, que liga a mina da Vale aos portos exportadores, foi invadida por manifestantes sem-terra.

No quarto trimestre de 2007, a produção da Vale foi de 78,2 milhões de toneladas de minério de ferro, um aumento de 14,8 por cento ante o mesmo trimestre do ano anterior.

A Vale informou ainda que em 2007 a mina de Carajás, que "possui os maiores e melhores depósitos de minério de ferro do mundo, atingiu a marca histórica de 1 bilhão de toneladas métricas de minério de ferro produzidas desde o start-up das operações em 1985".

O primeiro bilhão de minério de ferro foi registrado em 25 de outubro de 2007, com o ano encerrando com produção de 1,019 bilhão.

"Com a marca alcançada em 2007, de 91,7 Mt (milhão de toneladas), a produção anual de minério de ferro de Carajás mais do que dobrou ao longo dos últimos dez anos, tendo aumentado em 109,4 por cento."

Já a produção de pelotas em 2007 atingiu 17,6 milhões de toneladas, ante 14,2 milhões de toneladas no ano anterior, "o que foi derivado do esforço da Companhia para o atendimento à considerável expansão da demanda global".   Continuação...