Emirado de Abu Dhabi investe US$622 milhões na AMD

sexta-feira, 16 de novembro de 2007 15:58 BRST
 

Por Dayan Candappa

DUBAI, 16 de novembro (Reuters) - A agência estatal Mubadala Development, do emirado de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, adquiriu 8,1 por cento da AMD AMD.N, a segunda maior fabricante de microprocessadores do mundo, por 622 milhões de dólares.

A Mubadala não terá representante no Conselho de Administração da AMD, que planeja usar parte dos recursos em pesquisa e desenvolvimento de produtos, segundo comunicado conjunto.

A AMD tem cerca de 20 por cento do mercado de processadores para microcomputadores e servidores. A Intel (INTC.O: Cotações) controla o resto. As duas empresas têm se enfrentado numa guerra de preços. A AMD teve quatro trimestres seguidos de prejuízos.

A Mubadala é uma das agências estatais que Abu Dhabi e outros membros dos Emirados Árabes Unidos têm usado para investir os lucros obtidos com a alta do preço do petróleo dos últimos cinco anos.

Abu Dhabi é o sexto maior exportador de petróleo do mundo. Entre outros negócios, a agência assumiu 5 por cento da Ferrari, a fabricante italiana de veículos.

O negócio pode atrair a atenção do Comitê de Investimentos Estrangeiros nos EUA, que tem o poder de vetar aquisições por investidores estrangeiros, especialmente nas áreas de tecnologia e defesa, com o argumento de segurança nacional. A avaliação é do jornal Financial Times, que antecipou a iminência do negócio.