Intel cria empresa de tecnologia para uso de energia solar

segunda-feira, 16 de junho de 2008 17:39 BRT
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - A Intel Corp., maior fabricante mundial de semicondutores, afirmou nesta segunda-feira que vai liderar um aporte de capital de 50 milhões de dólares em uma empresa estreante no mercado que vai utilizar a tecnologia de energia solar desenvolvida pela empresa de chips.

A Intel informou que os ativos de energia solar que lhe pertenciam serão parte da companhia independente SpectraWatt Inc. que também recebeu recursos da Cogentrix Energy LLC, unidade da Goldman Sachs, além da PCG Clean Energy and Technology Fund e da Solon AG.

A SpectraWatt vai produzir células foto-elétricas e vendê-las a fabricantes de módulos solares, segundo a Intel. A intenção da nova companhia é iniciar a produção de sua planta em Oregon na segunda metade de 2008, com as primeiras entregas de produtos previstas para a metade de 2009.

As células solares são usadas na conversão de energia solar em eletricidade e o mercado final para tal uso foi de cerca de 30 bilhões de dólares em 2007, com alta de 50 por cento sobre o ano anterior, de acordo com a empresa de pesquisas Photon Consulting.

A Intel afirmou que espera que a indústria solar cresça entre 30 e 40 por cento nos próximos anos, na medida em que os custos de geração da energia solar se aproximem das demais tecnologias tradicionais de geração de energia.

O financiamento da Intel vai ser feito por meio da Intel Capital, braço de venture capital da companhia de chips, que tem longa história de aporte em startups que estimulema a adoção de novas tecnologias.

(Reportagem de Duncan Martell)