Lula afirma que crise será "quase imperceptível" para o Brasil

terça-feira, 16 de setembro de 2008 14:47 BRT
 

BRASÍLIA, 16 de setembro (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta terça-feira que a situação da economia brasileira perante a crise financeira global é "estável e mais confortável".

Perguntado por jornalistas qual seria o impacto no país das turbulências internacionais, Lula disse que será "quase imperceptível".

O presidente afirmou que ainda não se sabe o real tamanho da crise, pois todo dia acontece uma nova surpresa.

"O cassino imobiliário era muito maior do que a gente podia imaginar", acrescentou.

(Reportagem de Fernando Exman; Edição de Mair Pena Neto)