Bush quer concessões comerciais do Brasil, Índia e China

segunda-feira, 16 de junho de 2008 08:19 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O Brasil, Índia e a China precisam fazer mais concessões em seus setores manufatureiro e de serviços para obterem uma conclusão bem sucedida na rodada de Doha acerca das negociações sobre comércio global, afirmou o presidente George W. Bush nesta segunda-feira.

"O ponto em que estou preocupado com Doha é que, enquanto estamos fazendo algum progresso no lado agrícola, países como o Brasil, Índia e China não estão fazendo as aberturas correspondentes no setor manufatureiro e de serviços", disse Bush a repórteres depois de se encontrar com o primeiro ministro britânico Gordon Brown em Londres.

"Agora é hora de completar a rodada de Doha e para tal é preciso haver mais movimento nos setores manufatureiro e de serviços para que possa ocorrer um acordo justo e equilibrado", acrescentou.

(Reportagem de Matt Falloon)

 
<p>O predidente dos EUA, George W. Bush (esq), e o primeiro ministro brit&acirc;nico Gordon Brown realizam confer&ecirc;ncia em Londres, dia 16 de junho. O Brasil, &Iacute;ndia e a China precisam fazer mais concess&otilde;es em seus setores para obterem uma conclus&atilde;o bem sucedida na rodada de Doha acerca das negocia&ccedil;&otilde;es sobre com&eacute;rcio global, afirmou Bush. Photo by Larry Downing</p>