Geórgia acusa Rússia de derrubar ponte importante na região

sábado, 16 de agosto de 2008 09:33 BRT
 

Por Omer Berberoglu

KASPI, Geórgia (Reuters) - A Geórgia acusou as tropas russas de explodirem uma importante ponte ferroviária neste sábado, depois que os Estados Unidos pediram para que Moscou retirasse seus soldados do país imediatamente.

No resort de Sochi, no Mar Negro, o presidente russo Dmitry Medvedev assinou o acordo de cessar-fogo, colocando um fim às hostilidades, afirmou o governo russo. A Geórgia já havia assinado o acordo.

O chefe do Estado-Maior da Rússia negou a responsabilidade pelo ataque à ponte ferroviária, e disse que as hostilidades, iniciadas nove dias atrás na Ossétia do Sul, cessaram.

Um dos lados da ponte, próximo da cidade de Kaspi, se transformou em um monte de concreto e aço retorcido no banco do rio, mostraram imagens feitas por uma equipe de televisão da Reuters.

"Nós estamos agora em tempos de paz. Por que iríamos explodir pontes quando nosso trabalho é de restaurar?", questionou o coronel-general Anatoly Nogovitsyn, vice-chefe do Estado-Maior russo, durante pronunciamento diário em Moscou.