16 de Abril de 2008 / às 18:05 / 9 anos atrás

ATUALIZA-Produção da PETROBRAS em março cai 1,2% vs fevereiro

(Texto atualizado com mais informações)

RIO DE JANEIRO, 16 de abril (Reuters) - A produção média de petróleo da Petrobras (PETR4.SA) no Brasil caiu 1,2 por cento em março, em relação a fevereiro, enquanto a de gás natural subiu 1,9 por cento na mesma comparação, informou a empresa nesta quarta-feira.

Segundo comunicado, a Petrobras produziu no país, em média, 2,114 milhões de barris diários de óleo equivalente (petróleo e gás) em março, demonstrando uma queda de 0,7 por cento em relação a fevereiro, quando foram produzidos, em média, 2,129 milhões de barris de boe, “como reflexo de paradas para manutenção de duas plataformas na Bacia de Campos”.

Na comparação com março do ano passado, a produção da estatal no Brasil de petróleo e gás cresceu 1,4 por cento.

Levando em conta apenas a produção de petróleo no Brasil, a Petrobras produziu 1,8 milhão de barris diários, ainda abaixo da meta de 2 milhões de barris diários previstos para 2008.

A produção de gás natural totalizou 49,9 milhões de metros cúbicos.

A companhia justificou a queda em relação a fevereiro com paradas das plataformas PPM-1 e P-20, dos campos de Pampo e Marlim, na bacia de Campos, que, juntas, apresentaram um impacto de 34,4 mil b/d na produção.

“As perdas, entretanto, foram reduzidas com a entrada em operação em março de três novos poços na plataforma P-52, no campo de Roncador”, informou em nota.

Considerados os campos do Brasil e do exterior, a produção total de petróleo e gás natural da companhia atingiu, em março deste ano, a média diária de 2,339 milhões de boe/d, 1 por cento maior que a produção total da Petrobras em março de 2007.

O volume de petróleo e gás natural proveniente dos oito países onde a Petrobras mantém ativos de produção, em barris de óleo equivalente, chegou a 224,9 mil b/d em março, resultado 1 por cento maior que o produzido no mês anterior.

A empresa afirmou que, com a entrada em operação de mais cinco plataformas este ano, a produção terá acréscimo de 500 mil barris diários.

Serão quatro plataformas na bacia de Campos e uma no mar do Espírito Santo. Também no decorrer do ano as cinco plataformas que começaram a produzir em 2007 vão atingir suas capacidades máximas, disse a estatal.

Reportagem de Denise Luna; Edição de Roberto Samora

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below