PANORAMA1-Investidor monitora inflação no Brasil e nos EUA

quarta-feira, 16 de julho de 2008 08:32 BRT
 

SÃO PAULO, 16 de julho (Reuters) - O mercado financeiro toma conhecimento de mais dois índices domésticos de inflação nesta quarta-feira, exatamente uma semana antes da decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) sobre o juro básico.

A inflação pelo IGP-10 contrariou a previsão do mercado e acelerou a 2 por cento em julho, ante taxa de 1,96 por cento em junho. Já a inflação pelo IPC-S recuou a 0,69 por cento na segunda leitura deste mês, contra 0,79 por cento na primeira.

Em audiência no Congresso, o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, repetiu o compromisso de recolocar a inflação pelo IPCA no centro da meta em 2009. O comentário reforçou a visão de analistas de que a política monetária está mesmo sendo calibrada com vistas ao próximo ano.

Nos Estados Unidos, o chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke volta o Congresso --dessa vez para apresentação semestral à Comissão de Serviços Financeiros da Câmara. O tom deve ser o mesmo da véspera, quando reconheceu o estresse dos mercados e disse que as perpectivas para a economia são incertas.

No meio da tarde, o Fed divulga a ata da última reunião --quando foi interrompido o processo de corte do juro básico.

Ainda nos EUA será divulgado o índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) de junho. Wall Street prevê aumento dos preços pelo quarto mês seguido e no ritmo mais forte desde novembro devido aos custos de energia e alimentos, de 0,7 por cento.

Excluindo esses itens, o núcleo do indicador deve mostrar alta de 0,2 por cento.

COMMODITIES E ENERGIA   Continuação...