Superávit comercial da zona do euro cresce em setembro

sexta-feira, 16 de novembro de 2007 09:29 BRST
 

Por Jan Strupczewski

BRUXELAS (Reuters) - O superávit comercial da zona do euro cresceu em setembro, mesmo em meio à alta firme da moeda única, com o crescimento anual das exportações ainda superando as importações apesar de uma forte desaceleração ante agosto, mostraram dados divulgados nesta sexta-feira.

De acordo com a agência de estatísticas da União Européia, o superávit comercial dos 13 países que usam o euro cresceu para 3,1 bilhões de euros (4,5 bilhões de dólares) em setembro, contra 2,3 bilhões de dólares no mesmo período do ano anterior e 1,9 bilhão de euros em agosto, de acordo com dados revisados para cima.

Em setembro, o euro avançou 2,3 por cento em um cálculo baseado nas operações comerciais . Ante o dólar, moeda mais negociada pela região depois da libra esterlina, a alta do euro foi de 4,7 por cento.

"Os dados indicam que o crescimento global relativamente saudável continuou a suportar as exportações da zona do euro em setembro, contendo amplamente o impacto danoso da alta do euro", disse Howard Archer, economista da Global Insight.

"No entanto, parece inevitável que os exportadores da zona do euro encontrarão cada vez mais dificuldades nos próximos meses dado que o euro tem subido a novas máximas e que o crescimento global está recebendo cada vez mais pressão da crise de crédito e do recorde no petróleo.