Rebeldes colombianos matam soldados feridos em ambulância

quarta-feira, 16 de abril de 2008 14:36 BRT
 

BOGOTÁ (Reuters) - Rebeldes colombianos executaram dois soldados desarmados que viajavam em uma ambulância depois de serem feridos por minas terrestres colocadas pela guerrilha, disse o Exército na quarta-feira, considerando as mortes uma violação da lei humanitária.

Os dois foram baleados perto da cidade de Yarumal, na província de Antioquia, norte do país.

"Os guerrilheiros pararam a ambulância e assassinaram os soldados que viajavam em um estado completamente indefeso", disse o Exército em um comunicado.

Milhares são mortos ou desalojados todos os anos na guerra de guerrilha, que envolve as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e outras milícias financiadas pelo tráfico multibilionário de cocaína.

A área de Yarumal é uma fortaleza dos rebeldes e uma conexão entre a cidade industrial de Medellín e a costa caribenha. As Farc usam minas terrestres para impedir operações militares na região.

Cerca de três colombianos são mutilados por dia pelas minas, incluindo crianças de comunidades agrícolas pobres que pisam nos artefatos no caminho para a escola.

(Reportagem de Hugh Bronstein)