AGENDA POLÍTICA-Senado vota nova cassação de Renan Calheiros

sexta-feira, 16 de novembro de 2007 14:00 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente licenciado do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), enfrenta na próxima semana nova votação para decidir se terá o mandato cassado.

O Conselho de Ética aprovou na quarta-feira relatório do senador Jefferson Péres (PDT-AM) que recomenda a cassação do senador por quebra de decoro parlamentar no processo em que Renan é suspeito de utilizar "laranjas" para adquirir veículos de comunicação em Alagoas.

Parlamentares são proibidos de deter meios de comunicação. A palavra final cabe ao plenário do Senado.

Renan já foi absolvido da primeira acusação, em que era suspeito de pagar pensão com recursos de um lobista, e se livrou no conselho da representação sobre favorecimento a uma cervejaria. Há outras duas representações contra ele no conselho.

Mas os trabalhos do Senado poderão ficar prejudicados pela decisão dos partidos de oposição de obstruir as votações em reação à Câmara dos Deputados, que aprovou o uso de recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em ano eleitoral.

A obstrução atingirá a CPMF, cuja tramitação passa a cumprir prazos regimentais, mas pode dar entrada em plenário dia 23, sexta-feira.

Veja a seguir os principais eventos da próxima semana.

SEGUNDA-FEIRA

-- O presidente Lula viaja a Blumenau (SC) para a cerimônia de abertura do 25o Encontro Empresarial Brasil-Alemanha e da 34a Reunião da Comissão Mista de Cooperação Econômica Brasil-Alemanha.   Continuação...