Senado dos EUA bloqueia plano de retirada das tropas do Iraque

sexta-feira, 16 de novembro de 2007 14:24 BRST
 

Por Susan Cornwell e Rick Cowan

WASHINGTON, 16 de novembro (Reuters) - Os republicanos do Senado norte-americano bloquearam nesta sexta-feira o projeto de lei de 50 bilhões de dólares para a guerra do Iraque porque a medida estava atrelada a um plano de retirada das tropas, derrotando a mais recente tentativa dos democratas de pôr um fim no confronto atráves da liberação de verbas.

A atitude do Senado interrompeu uma proposta dos democratas que passou pela Câmara dos Deputados em uma votação na quarta-feira. A medida precisava de 60 votos para passar no Senado, mas teve apenas 53, com 45 senadores votando contra.

O projeto de lei daria ao presidente George W. Bush um quarto dos 196 bilhões de dólares que ele quer para as guerras do Iraque e Afeganistão no ano fiscal de 2008, uma vez que fosse estabelecida a retirada das tropas do Iraque até 15 de dezembro do ano que vem.

Os democratas já haviam bloqueado uma proposta dos republicanos de dar a Bush 70 bilhões de dólares dos fundos de guerra em um projeto de lei sem um plano de retirada das tropas.

A administração Bush quer que o Congresso dos EUA aprove os fundos de guerra adicionais assim que possível, mas sem condições de retirada. A Casa Branca já havia alertado que o presidente vetaria o plano dos democratas.