Carlyle compra fatia em unidade da Booz Allen por US$2,54 bi

sexta-feira, 16 de maio de 2008 14:23 BRT
 

NOVA YORK, 16 de maio (Reuters) - O grupo de investimentos Carlyle está comprando uma participação majoritária nos negócios governamentais da empresa de consultoria Booz Allen Hamilton por 2,54 bilhões de dólares, informaram as empresas nesta sexta-feira.

Um dos poucos acordos significativos fechados desde que a crise de crédito iniciada no ano passado congelou os mercados de dívida para grandes operações alavancadas, a transação é a maior fechada pelo Carlyle desde que concluiu a compra da Manor Care por 4,9 bilhões de dólares em dezembro.

As condições de crédito parecem estar melhorando. A empresa rival de investimentos Blackstone Group (BX.N: Cotações) informou na quinta-feira que os mercados se estabilizaram e que os bancos estão abertos para empréstimos novamente depois de se livrarem de boa parte dos financiamentos alavancados que estavam em seus livros.

Segundo o acordo anunciado nesta sexta-feira, a Booz Allen informou que se dividirá em duas, separando sua divisão de negócios voltada ao governo dos EUA das operações comerciais globais que será organizado como uma companhia independente. A operação será concluída no segundo semestre deste ano.

A Booz Allen vende consultoria em administração, engenharia, tecnologia da informação e outros serviços ao governo norte-americano.

O Carlyle --que tem participações em companhias como a empresa de aluguel de carros Hertz, a rede de fast food Dunkin' Donuts e a fabricante de chips Freescale Semiconductor-- foi fundado em 1987 por William Conway, Daniel D'Aniello e David Rubenstein, ex-vice-conselheiro para assuntos internos do governo Jimmy Carter.