Lula defende manutenção de ritmo de crescimento da economia

segunda-feira, 16 de junho de 2008 07:33 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu nesta segunda-feira a manutenção do atual ritmo de crescimento da economia como forma de evitar o aumento da inflação.

"É importante que o ritmo da economia acompanhe com muita clareza a demanda, porque se a gente continuar consumindo mais do que a gente produz, o resultado é que a gente tenha uma inflação", afirmou Lula em seu programa semanal de rádio Café com o Presidente.

Lula aproveitou também para comemorar a divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) na semana passada, que registrou avanço de 0,7 por cento no primeiro trimestre deste ano contra o último trimestre do ano passado e expansão de 5,8 por cento na comparação com o mesmo período de 2007.

"É extremamente importante o fortalecimento da economia, porque isso significa o quê? Significa que nós vamos ter mais emprego, o emprego vai continuar crescendo, os salários vão continuar crescendo, a renda das famílias vai continuar crescendo."

O presidente, que considerou os números divulgados pelo IBGE como "equilibrados", o que "ajuda a combater a inflação", defendeu que o ritmo da expansão econômica seja mantido.

"Vamos continuar nesse ritmo para que haja aumento do PIB sem oferecer risco para a demanda interna do país. Ou seja, nós precisamos crescer com muita responsabilidade e sem nenhum sobressalto", comentou.

(Texto de Eduardo Simões)