Petróleo nos EUA fecha em forte queda com tensões financeiras

terça-feira, 16 de setembro de 2008 17:24 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo nos Estados Unidos fecharam em forte queda de quase 5 por cento nesta terça-feira, em baixa pelo segundo dia consecutivo, com os investidores procurando refúgios seguros em meio à continua turbulência nos mercados financeiros.

"Liquidações por todos os lados estão atingindo os mercados energéticos, entre outras commodities", afirmou Andy Lebow, corretor da MF Global. "Os mercados energéticos estão focados em fatores exógenos, não em fundamentos. As pessoas estão saindo das commodities e indo para refúgios seguros, como títulos (do governo)."

Na Nymex, o contrato outubro fechou em queda de 4,56 dólares, ou 4,76 por cento, a 91,15 dólares por barril, o menor patamar desde 8 de fevereiro, após ser negociado entre 90,51 e 94,32 dólares.

"Parece que o petróleo está subindo com notícias do AIG", afirmou Tom Bentz, analista do BNP Paribas Commodity Futures. "O mercado acionário está mostrando alguma resistência apesar de o Fed não ter alterado as taxas."

O Federal Reserve manteve a sua taxa de juro inalterada nesta terça-feira, optando por ajudar o mercado financeiro com instrumentos de liquidez. [ID:nN16444058]

Em Londres, o contrato novembro do petróleo tipo Brent caiu 5,02 dólares, ou 5,33 por cento, a 89,22 dólares por barril, sendo negociado entre 88,90 e 92,13 dólares.

(Reportagem de Gene Ramos e Robert Gibbons)