BOLSA EUROPA-Índices caem por bancos e empresas de tecnologia

quarta-feira, 16 de janeiro de 2008 08:30 BRST
 

Por Amanda Cooper

LONDRES, 16 de janeiro (Reuters) - As bolsas européias operavam em queda na manhã desta quarta-feira. Os temores de recessão nos Estados Unidos abatiam os papéis de bancos, enquanto as ações de tecnologia refletiam negativamente um cenário negativo traçado pela Intel (INTC.O: Cotações) e notícias decepcionantes do ASML (ASML.AS: Cotações).

O índice FTSEurofirst 300 .FTEU3, que engloba as principais ações européias, perdia 1,01 por cento, aos 1.381 pontos às 8h24 (horário de Brasília).

O índice recuou 2,6 por cento na terça-feira depois que o banco norte-americano Citigroup (C.N: Cotações) reportou prejuízo recorde de 10 bilhões de dólares no quarto trimestre e corte de dividendos. Além disso, uma queda inesperada nas vendas de varejo no país intensificaram os medos de recessão na maior economia do mundo.

"Parece que os mercados estão percebendo que a crise de crédito nos EUA está longe de acabar e que há novos riscos se aproximando e novas baixas nessa cadeia", afirmou Heino Ruland, estrategista na FrankfurtFinanz.

O HSBC (HSBA.L: Cotações) era novamente um dos destaques de queda da região, perdendo 2,5 por cento, enquanto o Commerzbank (CBKG.DE: Cotações) cedia 6 por cento e o Barclays (BARC.L: Cotações) caía 2,6 por cento.

As ações de tecnologia se encontraram sob pressão depois que a Intel divulgou balanço fora das metas e traçou um panorama pessimista na terça-feira. A ASML, que abastece as maiores fabricantes mundiais de chips, tinha queda de mais de 10 por cento depois de anunciar uma inesperada queda no valor dos pedidos.

Nesta quarta-feira as atenções devem se voltar para os balanços do JPMorgan Chase (JPM.N: Cotações) e Wells Fargo (WFC.N: Cotações).

Confira o desempenho das principais bolsas européias às 8h26 (horário de Brasília):   Continuação...