Israel e palestinos retomam negociações de paz

segunda-feira, 17 de março de 2008 12:33 BRT
 

JERUSALÉM (Reuters) - Os negociadores israelenses e palestinos tiveram conversas secretas depois da ofensiva israelense que deixou mais de 120 mortos na Faixa de Gaza suspender brevemente as negociações de paz. Eles se encontrarão novamente na segunda-feira, segundo autoridades israelenses. As negociações, lideradas pela ministra israelense das Relações Exteriores, Tzipi Livni, e pelo ex-primeiro-ministro palestino Ahmad Qurie, mostraram poucos sinais de progresso desde que foram lançadas em uma conferência de paz em Annapolis, Maryland, em novembro.

"Haverá um encontro hoje entre a ministra das Relações Exteriores...que lidera a equipe de negociação, para que continuemos as negociações com o lado palestino, liderado por Abu Ala (Qurie)", disse o primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, em entrevista coletiva ao lado da chanceler alemã Angela Merkel em Jerusalém.

"Nós não paramos, não vamos parar e não vamos desistir", disse Olmert.

Um oficial israelense, que prefere manter o anonimato, disse que Livni e Qurie se encontraram secretamente há mais ou menos 10 dias, mas essa conversa não foi divulgada publicamente.

O negociador palestino Saeb Erekat não quis comentar.

O presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, suspendeu temporariamente as negociações no começo deste mês, depois que uma ofensiva israelense na Faixa de Gaza, controlada pelo Hamas, matou mais de 120 palestinos.

Israel disse que a invasão pretendia conter os foguetes lançados por militantes, que atravessavam a fronteira.

(Reportagem de Jeffrey Heller)