Citi eleva recomendação da Copel e reduz preço-alvo de Natura

quarta-feira, 17 de outubro de 2007 12:31 BRST
 

SÃO PAULO, 17 de outubro (Reuters) - O Citigroup elevou sua recomendação para ações da Copel (CPLE6.SA: Cotações) de "vender" para "neutra" e reduziu o preço-alvo dos papéis da Natura (NATU3.SA: Cotações), segundo relatório divulgado nesta quarta-feira.

A alteração na recomendação da distribuidora de energia elétrica do Estado do Paraná é decorrente do desempenho dos papéis da empresa.

"Desde meados de julho o papel tem registrado desempenho abaixo do mercado e de nosso universo de cobertura, com queda de 17,6 por cento frente à alta de 7,4 por cento do Ibovespa", afirmou a instituição, ponderando, no entanto, que continua preocupada com o potencial de intervenções políticas na política e no investimento da companhia.

No mesmo relatório, o Citi reduziu o preço-alvo das ações da Natura de 36 reais para 31,50 reais por ação, mas manteve a recomendação de "compra".

"Reduzimos o preço-alvo...devido à questões de curto prazo limitando o crescimento dos lucros e do Ebtida."

Segundo o Citi, a produtividade do Brasil deve cair no segundo semestre em relação ao ano anterior e o gasto com propaganda deve crescer em 2008. A instituição também diz que espera que a concorrência com a Avon aumente.

Sobre a expansão internacional, o Citi previu que a Natura tenha 25 por cento de sua receita vinda de fora do país até 2016.