Cenário nebuloso nos EUA faz Bovespa cair 11% em 2008

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008 18:48 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - Mais indicações negativas da economia dos Estados Unidos derrubaram a Bolsa de Valores de São Paulo pelo terceiro pregão consecutivo nesta quinta-feira, levando o mercado ao pior patamar desde setembro.

Agora, a queda acumulada pelo mercado acionário brasileiro em 2008 já é de 10,7 por cento.

O Ibovespa --principal indicador da bolsa paulista-- teve desvalorização de 2,96 por cento nesta sessão, aos 57.036 pontos. No pior momento do dia, o índice chegou a 56.734 pontos.

O volume de negócios na bolsa foi de 6,56 bilhões de reais.

As ações preferenciais da Petrobras, as mais líquidas da bolsa, cederam 5 por cento, a 70,85 reais. As da Vale registraram alta de 0,77 por cento, para 45,70 reais.

Os mercados acionários globais caíram nesta sessão, frustrados com a forte queda da atividade manufatureira no Meio-Atlântico dos EUA em janeiro.

O índice do Federal Reserve da Filadélfia caiu para menos 20,9 neste mês, enquanto economistas previam uma leitura de menos 1,0.

"O dado do Fed Filadélfia foi um desastre. Nós realmente não estávamos esperando isso", disse Joe Saluzzi, co-gestor de negócios na Themis Trading, em New Jersey.

Os investidores também acompanharam a divulgação do maior prejuízo trimestral na história do Merrill Lynch. Como outros bancos de Wall Street, a instituição enfrentou pesadas baixas contábeis relacionadas aos problemas no setor imobiliário norte-americano de alto risco.   Continuação...