BOLSA EUA-Wall St abre em alta, mas índices patinam

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008 12:45 BRST
 

NOVA YORK, 17 de janeiro (Reuters) - As bolsas de valores dos Estados Unidos abriram em alta nesta quinta-feira, em reação à queda no número de pedidos de auxílio-desemprego, que contrabalançou a repercussão do prejuízo maior que o esperado da Merrill Lynch MER.N.

Mas tanto o índice Dow Jones .DJI, referência da bolsa de Nova York, como o Standard & Poor's 500 .SPX patinavam nos primeiros minutos do pregão.

Às 12h42 (horário de Brasília), O Dow avançava 0,23 por cento, para 12.494 pontos, e o S&P tinha oscilação positiva de 0,13 por cento, aos 1.374 pontos. Já o termômetro de tecnologia Nasdaq .IXIC subia com mais força, 0,59 por cento, para 2.408 pontos.

Os investidores também estavam esperançosos de que o chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, possa indicar novos cortes dos juros em discurso nesta quinta-feira.

Os pedidos de auxílio-desemprego caíram inesperadamente na semana passada, e analistas disseram que os dados podem ter amenizado parte dos temores de recessão. O medo havia crescido após sinais de fraqueza no mercado de trabalho e nas vendas do varejo e com os resultados mais fracos do que o previsto de algumas grandes corporações.

"Os pedidos de auxílio-desemprego foram um pouco melhores. O que o mercado quer agora é ver dados que sugiram que a economia pode ter um pouso suave, não uma recessão", disse Marc Pado, estrategista de mercado dos Estados Unidos da Cantor Fitzgerald, em San Francisco.

A Merrill, maior corretora do mundo, divulgou um prejuízo de 9,8 bilhões de dólares, com 14,1 bilhões de dólares em baixas contábeis, no quarto trimestre. Logo após a abertura, as ações caíam 2,6 por cento.

(Reportagem de Caroline Valetkevitch)