Saída de investidores do Brasil é "natural", diz Mantega

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008 16:06 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse nesta quinta-feira considerar "natural" que investidores estrangeiros deixem a Bolsa brasileira em meio às turbulências dos mercados internacionais e frisou que, para enfrentar a crise, o Brasil deve manter seus fundamentos sólidos.

"A economia está sólida e o que nós temos a fazer neste momento para enfrentarmos essa crise sem maiores turbulências é manter os fundamentos da economia sólidos", afirmou Mantega a jornalistas ao deixar o Ministério da Fazenda.

Mantega disse que o "fundamento número um" é o cumprimento da meta fiscal. Para garantir isso, "os cortes anunciados nas despesas serão feitos", afirmou.

Outras prioridades são o controle da inflação, o fortalecimento das contas externas e a manutenção de um nível elevado da atividade econômica.

O ministro da Fazenda destacou ainda que as bolsas de todo o mundo estão em queda e, neste contexto, é normal haver evasão de capitais do país.

"Você tem que olhar o conjunto dos investimentos. No ano passado, foram investidos mais de 20 bilhões de dólares", afirmou.

De 2 a 14 de janeiro houve saída líquida de 1,82 bilhão de reais em recursos de estrangeiros da Bovespa, de acordo com os dados mais recentes disponibilizados pela bolsa.

(Por Isabel Versiani)