Oferta da Vale gera captação líquida de US$11,45 bi

quinta-feira, 17 de julho de 2008 12:15 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Vale informou nesta quinta-feira que sua oferta global de ações irá gerar recursos totais de aproximadamente 11,45 bilhões de dólares, após descontos de subscrição e comissões.

Na noite de quarta-feira, a Comissão de Valores Mobiliários divulgou o preço por ação, ordinária e preferencial, da mineradora, que colocou a oferta em 19,434 bilhões de reais, ou cerca de 12,2 bilhões de dólares, segundo cotação do dólar no fechamento do mercado na quarta-feira.

No mês passado, a Vale havia dito que esperava levantar até 14 bilhões de dólares nessa etapa da oferta, e que poderia alcançar 15 bilhões de dólares se houvesse demanda para um lote suplementar.

A emisssão tem por objetivo o financiamento do plano de investimentos de 59 bilhões de dólares da companhia e possíveis aquisições estratégicas, segundo comunicado da Vale na época do anúncio da operação.

A companhia divulgou ainda que de sua oferta global de 256.926.766 ações ordinárias, 80.079.223 serão na forma de American Depositary Shares (ADSs), e que de 164.402.799 ações preferenciais, 63.506.751 serão na forma de ADSs, para negociação nas bolsas estrangeiras.

O preço das ADS será de 29,00 dólares ou 18,25 euros por papel ordinário e 25,00 dólares ou 15,74 euros por ação preferencial.

Segundo a empresa, a previsão é de que a oferta esteja fechada até 22 de julho.

Às 12h12 (horário de Brasília), as ações preferenciais da mineradora recuavam 5,40 por cento, para 40,33 reais, enquanto o Ibovespa cedia 1,59 por cento. As ações ordinárias cediam 5,49 por cento no mesmo horário.

(Reportagem de Rodolfo Barbosa)