SAIBA MAIS-Setor de distribuição no Brasil atrai investidores

terça-feira, 17 de junho de 2008 17:43 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 17 de junho (Reuters) - O grupo Ultra está sendo apontado pelo mercado como provável comprador dos postos Texaco no Brasil, de propriedade da norte-americana Chevron (CVX.N: Cotações), em um negócio que pode superar os 2 bilhões de dólares.

Esta seria a terceira grande transação do setor em pouco mais de um ano e possivelmente não seria a última. Ainda sem anúncio oficial, a expectativa do setor é de que a Shell em breve também estará deixando a área de abastecimento no Brasil para se concentrar em exploração e produção, a exemplo da Chevron.

Veja a seguir os últimos negócios feitos no setor de distribuição de combustíveis no Brasil e a participação de cada empresa associada ao Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e Lubrificantes, correspondente a 75 por cento do total de empresas do setor.

REDE IPIRANGA - Adquirido pelo grupo Ultra e Petrobras em operação que envolveu também a Braskem e ativos petroquímicos do grupo e uma refinaria. O Ultra ficou com a rede de distribuição de combustíveis da Ipiranga nas regiões Sul e Sudeste. Já a Petrobras com a parte do grupo nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, além de dividir ativos petroquímicos com a Braskem.

Valor estimado: foi parte do negócio total de 4 bilhões de dólares, não especificado pelas companhias.

Número de postos: 4.240

  Continuação...