Temor de inflação nos EUA abate bolsas da Ásia

segunda-feira, 17 de dezembro de 2007 07:54 BRST
 

Por Louise Heavens

CINGAPURA (Reuters) - As bolsas de valores da Ásia fecharam em queda nesta segunda-feira depois que aumento da inflação nos Estados Unidos e preços mais altos do petróleo dissemniram preocupações de que o Federal Reserve pode não ser capaz de fazer novos cortes de juros para evitar uma possível recessão.

Os bônus do governo japonês recuaram e o dólar subiu para o maior nível em dois meses com expectativas de um menor ritmo de de redução de juros nos EUA. Os preços do petróleo também avançaram, apoiados por uma tempestade de inverno nos EUA e tensões renovadas no Oriente Médio depois que aviões turcos bombardearam rebeldes curdos no norte do Iraque.

Desde agosto, os mercados financeiros têm sido prejudicados pela crise das hipotecas, que secaram o crédito. Bancos centrais ao redoro do mundo têm reduzido juros e promovido ações em mercados de moedas para ajudar a liquidez do sistema financeiro. Mas investidores continuam extremamente nervosos.

O mercado australiano de ações foi um dos mais atingidos pelas preocupações dos investidores. Bancos como o Macquarie recuaram e empresa do setor imobiliário Centro despencou mais de 70 por cento depois de alertar que estava tendo problemas em refinanciar 1,1 bilhão de dólares em dívida.

"As pessoas estão obviamente nervosas sobre o efeito que os problemas do subprime estão gerando sobre financiamento", disse Eric Betts, diretor de estratégia da Nomura Australia.

A bolsa de SYDNEY fechou em queda de 3,52 por cento, a 6.263 pontos.

A bolsa de TÓQUIO fechou em baixa de 1,71 por cento, a 15.249 pontos. Enquanto isso, o índice MSCI que reúne os outros mercados da região Ásia-Pacífico recuava 3,78 por cento, às 7h43 (horário de Brasília).

O indicador está 14 por cento abaixo do nível recorde atingido em 1o de novembro, mas ainda acumula alta de cerca de 30 por cento perto do fim do ano.

Em SEUL, o mercado se desvalorizou em 2,91 por cento, no menor nível em três semanas. A bolsa de HONG KONG caiu 3,51 por cento, XANGAI recuou 2,62 por cento e TAIWAN teve queda de 3,54 por cento. A bolsa de CINGAPURA registrou baixa de 3,25 por cento.