Ações da GE despencam 10% com turbulência financeira

quarta-feira, 17 de setembro de 2008 14:01 BRT
 

DETROIT, 17 de setembro (Reuters) - As ações da General Electric (GE.N: Cotações) despencavam mais de 10 por cento nesta quarta-feira, conforme investidores mostravam preocupação com o estado de saúde da enorme divisão financeira do conglomerado.

Às 13h32 (horário de Brasília), as ações da GE exibiam desvalorização de 10,02 por cento na bolsa de Nova York.

A queda acontece em uma semana em que ações têm sido agitadas pelo colapso do banco de investimentos Lehman Brothers Holdgins e pelo empréstimo-ponte à seguradora AIG feito pelo governo norte-americano.

"Trata-se da queda do mundo financeiro", disse Brian Langenberg, diretor da Langenberg & Co em Nova York. "Nós vimos a liquidação do Lehman, vimos a Merrill Lynch correndo para os braços de um banco, vimos a AIG sendo salva. Qualquer coisa que seja serviço financeiro está em risco."

A pergunta que preocupa os investidores, segundo Langenberg, é "quais os riscos nos balanços contábeis?"

O analista Stephen Tusa, do JP Morgan, afirmou em nota a clientes que espera que a divisão financeira do conglomerado, que agora espera que a divisão, que é responsável por cerca de metade do lucro do grupo, sofra uma queda de 5 a 10 por cento em seus ganhos em 2009.

"Vemos potencial para outro ano de declínio na GE Capital", escreveu Tusa.

A queda nas ações da GE acontece apesar da instituição ter publicado em seu site uma carta, no domingo, assegurando aos investidores que sua divisão financeira é estável.

(Por Scott Malone)