Térmicas a óleo e diesel devem ser desligadas em maio

quinta-feira, 17 de abril de 2008 17:48 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - As usinas térmicas que usam óleos combustível e diesel, e que elevam o custo da energia do país, deverão ser desligadas no próximo mês, após reunião do Conselho Nacional de Política Energética, informou o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, nesta quinta-feira.

"Decidimos manter elas ligadas até a próxima reunião (do CNPE)...deveremos retirar algumas a diesel, a óleo (combustível) e algumas a gás natural", informou o ministro a jornalistas após visita à sede da Petrobras, no Rio de Janeiro.

As usinas térmicas foram acionadas a partir do final do ano passado para evitar o risco de racionamento de energia no país, após uma forte estiagem que reduziu o volume dos reservatórios das hidrelétricas. Com o uso de térmicas a diesel e a óleo combustível, o preço médio em janeiro foi de 500 reais o megawatt-hora, atingindo o preço máximo de 569,59 reais no final daquele mês.

Atualmente, os preços giram em torno dos 80 reais o megawatt-hora.

(Reportagem de Denise Luna)