ATUALIZA-Asiáticos adquirem 40% da Namisa por US$3,12 bi

sexta-feira, 17 de outubro de 2008 11:03 BRT
 

(Texto reescrito e atualizado com comentários de analistas e confirmação da CSN)

Por Yuko Inoue e Miyoung Kim

TÓQUIO/SEUL, 17 de outubro (Reuters) - A trading japonesa Itochu (8001.T: Cotações), cinco siderúrgicas do Japão e uma da Coréia do Sul compraram 40 por cento de participação na mineradora brasileira Namisa, unidade da Companhia Siderúrgica Nacional CSNA3.SA, num negócio de 3,12 bilhões de dólares, informaram as empresas.

A "parceria estratégica" da CSN com o consórcio asiático foi confirmada nesta sexta-feira pela companhia brasileira, que afirmou que receberá o pagamento à vista.

A Namisa chamou a atenção de siderúrgicas gigantes, incluindo algumas da Rússia, da Índia e da China, desde que foi colocada à venda no começo deste ano, conforme os preços do minério de ferro sobem e as mineradoras globais rapidamente se consolidam.

O acordo estima o valor total da mina da Namisa em cerca de 7,8 bilhões de dólares, um negócio que fortalece a CSN, segundo analistas.

"O preço é um pouco elevado", disse Atsushi Yamaguchi, analista da UBS.

"Mas o risco está espalhado entre as sete companhias, e significaria um grande passo para as siderúrgicas japonesas impulsionarem suas operações."   Continuação...