ATUALIZA-Asiáticos adquirem 40% da Namisa por US$3,12 bi

sexta-feira, 17 de outubro de 2008 11:03 BRT
 

(Texto reescrito e atualizado com comentários de analistas e confirmação da CSN)

Por Yuko Inoue e Miyoung Kim

TÓQUIO/SEUL, 17 de outubro (Reuters) - A trading japonesa Itochu (8001.T: Cotações), cinco siderúrgicas do Japão e uma da Coréia do Sul compraram 40 por cento de participação na mineradora brasileira Namisa, unidade da Companhia Siderúrgica Nacional (CSNA3.SA: Cotações), num negócio de 3,12 bilhões de dólares, informaram as empresas.

A "parceria estratégica" da CSN com o consórcio asiático foi confirmada nesta sexta-feira pela companhia brasileira, que afirmou que receberá o pagamento à vista.

A Namisa chamou a atenção de siderúrgicas gigantes, incluindo algumas da Rússia, da Índia e da China, desde que foi colocada à venda no começo deste ano, conforme os preços do minério de ferro sobem e as mineradoras globais rapidamente se consolidam.

O acordo estima o valor total da mina da Namisa em cerca de 7,8 bilhões de dólares, um negócio que fortalece a CSN, segundo analistas.

"O preço é um pouco elevado", disse Atsushi Yamaguchi, analista da UBS.

"Mas o risco está espalhado entre as sete companhias, e significaria um grande passo para as siderúrgicas japonesas impulsionarem suas operações."   Continuação...