AGENDA POLÍTICA-PT avalia acordo com tucanos em Minas Gerais

sexta-feira, 18 de abril de 2008 18:33 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Na próxima semana, os petistas mineiros terão de enfrentar a Executiva nacional do partido em reunião em Brasília que vai avaliar a aliança costurada pelo PSDB para as eleições de Belo Horizonte.

Os diretórios municipal e estadual do PT aprovaram a coligação que terá um candidato do PSB à frente da chapa. O PT deve ocupar a vice.

O acordo é resultado de articulação entre o atual prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel (PT), e o governador mineiro Aécio Neves (PSDB). Aécio que se beneficiaria do acerto em sua pretensão de concorrer à Presidência em 2010.

A Executiva do PT aprovou esta semana resolução dizendo que o acordo de Minas Gerais está "em desacordo com as diretrizes da política de alianças" do partido.

O partido aponta como motivo da censura o "consenso com o PSDB e a participação deste partido na coligação que irá disputar a prefeitura da capital mineira".

A reunião da quinta-feira terá um clima de "eles contra nós". Acordos com partidos de fora da base do governo Lula têm de passar pelo crivo da Executiva.

A seguir os principais eventos da semana.

TERÇA-FEIRA   Continuação...