RPT-Alguns membros da Opep devem cortar oferta, diz presidente

sexta-feira, 17 de outubro de 2008 17:19 BRT
 

ARGEL, 17 de outubro (Reuters) - Alguns membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo vão decidir pela redução da oferta de petróleo na reunião de 24 de outubro em Viena, para evitar estragos nos preços mundiais da commodity, disse na sexta-feira o presidente da entidade, Chakib Khelil, à rádio estatal argelina.

"Será tomada uma decisão para reduzir a oferta de petróleo por alguns membros da Opep, para que o preço do petróleo não seja prejudicado", disse Khelil. "Essa decisão não será implementada imediatamente porque existem contratos, mas provavelmente será implementada 40 dias depois".

Ele não especificou quais países deverão cortar a oferta.

A pressão está aumentando dentro da Opep para que reduza a oferta depois que os preços do petróleo caíram mais de 50 por cento após o recorde de 147,27 dólares em julho. Também pressiona a expectativa de que a recessão global vai reduzir a demanda.

A Opep convocou uma reunião de emergência no dia 24 de outubro em Viena para discutir o impacto da fraqueza econômica sobre os mercados de petróleo.

(Por Hamid Ould Ahmed)