Rússia condena Otan por "mentalidade de Guerra Fria"

quarta-feira, 17 de setembro de 2008 08:14 BRT
 

MOSCOU (Reuters) - A visita de autoridades da Otan à Geórgia, feita nesta semana, foi considerada um ato anti-Rússia pelo Ministério das Relações Exteriores russo, que divulgou um comunicado em que afirmou também que há uma mentalidade no estilo da guerra fria dentro da aliança.

"As decisões tomadas como resultado da sessão confirmam que, na Otan, a era da Guerra Fria deixou reflexos de 'nós e eles' que voltaram à tona", disse o comunicado.

A mensagem afirmou ainda que a visita demonstra uma tendência anti-russa porque as autoridades da Otan somente viram os danos causados pela guerra dentro da Geórgia, deixando de lado a região separatista da Ossétia do Sul.

(Por Christian Lowe)

 
<p>O presidente russo, Dmitry Medvedev. Na quarta-feira, o minist&eacute;rio das Rela&ccedil;&otilde;es Exteriores da R&uacute;ssia afirmou que a Otan tem 'mentalidade de guerra fria'. Photo by Ria Novosti</p>