Vice-presidente dos EUA faz visita surpresa ao Iraque

segunda-feira, 17 de março de 2008 07:30 BRT
 

Por Tabassum Zakaria

BAGDÁ (Reuters) - O vice-presidente norte-americano, Dick Cheney, fez uma visita surpresa a Bagdá na segunda-feira para avaliar o sucesso do incremento de tropas cinco anos após o início da guerra.

Cheney chegou no momento em que o candidato republicano à Presidência dos EUA, John McCain, se reunia com líderes iraquianos como parte de uma missão da Comissão de Serviços Armados do Senado.

Assim como McCain, a visita de Cheney ao Iraque é parte de uma série de viagens ao Oriente Médio. O vice-presidente também irá à Arábia Saudita, a Jerusalém, aos territórios palestinos, a Omã e à Turquia.

McCain e Cheney são fortes defensores do aumento no número de tropas norte-americanas no Iraque, que ajudaram o país a sair da beira de uma guerra civil entre xiitas e a minoria sunita, que dominou o país durante a vigência do regime de Saddam Hussein.

Cheney foi recebido pelo general David Petraeus, comandante das forças norte-americanas no Iraque. Após conversar com Petraeus e com o embaixador norte-americano Ryan Crocker, Cheney deve se reunir com o primeiro-ministro iraquiano, Nuri al-Maliki, com o presidente do país, Jalal Talabani além de outras autoridades iraquianas para discutir questões políticas e de segurança.

A última vez que o vice-presidente norte-americano esteve no Iraque foi em maio de 2007, um mês antes da conclusão do envio de 30 mil soldados extras ao país.

 
<p>Vice-presidente dos EUA, Dick Cheney, em encontro com o primeiro-ministro iraquiano Nuri al-Maliki, em Bagd&aacute;, em 17 de marc;o de 2008. Photo by Ceerwan Aziz</p>