March 17, 2008 / 2:22 PM / 9 years ago

Alemã Siemens faz alerta de lucro e ações despencam 17%

3 Min, DE LEITURA

Por Nicola Leske e Jens Hack

BERLIM/MUNIQUE (Reuters) - Atrasos em projetos e pedidos cancelados forçaram o grupo de engenharia alemão Siemens a emitir um alerta sobre sua lucratividade nesta segunda-feira. O anúncio fez as ações do grupo desabarem quase 18 por cento.

"A Siemens acredita que o impacto negativo no lucro some aproximadamente 900 milhões de euros (1,2 bilhão de dólares) no atual trimestre", informou o grupo alemão em comunicado.

"A expectativa é que essa quantia represente a maior parte de qualquer peso financeiro adicional em 2008", acrescentou a empresa.

Às 11h07 (horário de Brasília), as ações da Siemens exibiam perda de 17 por cento, puxando a queda do índice da bolsa da Alemanha. A queda para níveis não vistos desde outubro de 2006 eliminou 10 bilhões de euros de valor de mercado da Siemens em duas horas.

"Foi outro dia atrás que a Siemens tinha nos dito sobre seu lucro maravilhoso. Como eu sei agora que eles realmente esperam ter lucro?", disse Dirk Mueller, operador da corretora alemã ICF.

Em janeiro, o conglomerado, que produz de equipamentos ferroviários a itens de iluminação, negou rumores de mercado de que a companhia poderia reduzir sua perspectiva de lucro.

À época, a empresa informou que esperava vendas no ano fiscal aumentando duas vezes mais que o ritmo de crescimento do produto interno bruto global, enquanto o lucro operacional deveria expandir pelo menos duas vezes mais rápido que as vendas.

A companhia fundada há 150 anos está vivendo seu maior processo de reestruturação em duas décadas. O presidente-executivo, Peter Loescher, tem prometido eliminar a diferença de performance da Siemens em relação a rivais como a General Electric e a Philips Electronics .

Em teleconferência, Loescher disse: "Estamos lidando com os remanescentes do passado."

Ele se negou a fornecer novas metas para o ano fiscal que se encerra em 30 de setembro, afirmando que vai divulgar um cenário quando a companhia publicar os números do segundo trimestre, no final de abril.

Já o vice-presidente financeiro da Siemens, Joe Kaeser, acrescentou que os esforços mais difíceis da companhia para melhorar seus negócios já passaram, mas ele não excluiu a possibilidade de novos impactos nos próximos trimestres.

Kaeser disse que a Siemens teve encargos de cerca de 600 milhões de euros em sua unidade de usinas de energia, cerca de 200 milhões de euros na unidade ferroviária e outros 100 milhões de euros na divisão de tecnologia da informação SIS.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below