Chocados, acionistas do Bear Stearns tentam ir à Justiça

segunda-feira, 17 de março de 2008 12:34 BRT
 

NOVA YORK, 17 de março (Reuters) - Furiosos acionistas do Bear Stearns BSC.N não perderam tempo e ligaram para seus advogados atrás de um recurso legal contra a venda do banco para o JPMorgan (JPM.N: Cotações), ao preço irrisório de 2 dólares por ação.

"Eu não posso divulgar conversas privilegiadas, mas os acionistas não ligam para mim quando estão felizes com a maneira como seus investimentos estão indo", disse Ira Press, advogado da Kirby McInerney, que falou com acionistas do Bear Stearns sobre o assunto.

"Essa ação foi de 50 (dólares) para 2, literalmente, do dia para a noite. E eu também sei de pessoas que haviam assumido que o pior já havia passado quando a ação fechou a 30."

O Bear Stearns, um dos nomes mais respeitados de Wall Street, está sendo vendido a 236 milhões de dólares em um acordo de emergência apoiado pelo Federal Reserve.

Acionistas podem processar o Bear e seus executivos por fraude, alegando que eles não divulgaram a verdadeira situação financeira da companhia, disseram advogados.

(Por Martha Graybow)