BOVESPA-Índice amplia perdas puxado por Petrobras e Vale

segunda-feira, 17 de março de 2008 13:52 BRT
 

SÃO PAULO, 17 de março (Reuters) - Passado o vencimento do exercício dos contratos de opções, a Bolsa de Valores de São Paulo volta a intensificar perdas nesta segunda-feira, puxada pelas ações ordinárias da Petrobras e da Vale.

Às 13h51, o Ibovespa apontava baixa de 3,42 por cento, aos 59.875 pontos. O giro financeiro era de 4,1 bilhões de reais.

De acordo com especialistas, as preocupações com o mercado de crédito nos Estados Unidos voltaram a ganhar força, contaminando os negócios na Bovespa.

Segundo operadores, as ações das blue chips do mercado acionário doméstico estão sendo alvos de ordens maciças de venda por parte de investidores estrangeiros. "A maior movimentação é de investidor de fora", disse André Hanna, operador da corretora Interfloat.

As ações ordinárias da Petrobras PETR3.SA tinham a pior performance entre as 64 que compõem o Ibovespa, com queda de 6,05 por cento, a 88,30 reais.

Os papéis ordinários da Vale (VALE3.SA: Cotações) vinham logo atrás, recuando 5,74 por cento, a 55,53reais.

No domingo, o Federal Reserve, o banco central norte-americano decidiu reduzir - de 3,5 para 3,25 por cento - a taxa de empréstimos às grandes instituições financeiras e criar novas facilidades de crédito. Simultaneamente, o Bear Stearns, atingido por uma crise de liquidez, foi comprado pelo JP Morgan por um preço irrisório.

VENCIMENTO DE OPÇÕES   Continuação...