Governo do Tibet no exílio diz que 99 morreram em protestos

terça-feira, 18 de março de 2008 07:38 BRT
 

DHARAMSALA (Reuters) - O governo tibetano no exílio elevou sua conta de vítimas fatais dos confrontos entre autoridades chinesas e manifestantes tibetanos para 99, disse um porta-voz na terça-feira.

"Confirmado, temos checado os vários relatos", disse Thubten Samphel, porta-voz do governo no exílio, à Reuters. Ele acrescentou que 19 tibetanos morreram em novas manifestações nesta terça-feira.

(Reportagem de Jonathan Allen)