18 de Março de 2008 / às 17:21 / em 9 anos

SAIBA MAIS-Contagem de delegados nas eleições dos EUA

18 de março (Reuters) - Os delegados das convenções partidárias nacionais dos Estados Unidos, que acontecem em agosto e setembro, são a chave para escolher os candidatos dos partidos Democrata e Republicano que irão se enfrentar na eleição presidencial do dia 4 de novembro.

Os delegados são escolhidos pelos eleitores de cada Estado. O senador John McCain, do Arizona, já conseguiu o número necessário de delegados para se tornar o candidato do Partido Republicano, enquanto a disputa democrata continua apertada entre o senador Barack Obama, de Illinois, e a senadora Hillary Clinton de Nova York.

Aqui está o número total dos delegados atribuídos a cada candidato até agora, como estimado pela MSNBC. Outras organizações de imprensa podem ter chegado à estimativas diferentes.

A contagem não inclui todos os delegados que com direito a voto no Estado do Texas, que ainda calcula seus votos.

DEMOCRATAS (número de delegados necessário para a indicação 2.024)

-- Barack Obama 1.625

-- Hillary Clinton 1.504

REPUBLICANOS (número de delegados necessário para a candidatura 1.191)

-- John McCain 1.266

COMO VOTAM OS DELEGADOS

Os democratas distribuem seus delegados em proporção aos votos recebidos por cada candidato no Estado e em distritos congressionais individuais. Isso significa que os candidatos podem ganhar o voto de vários delegados mesmo em Estados em que perderam.

Pelo lado republicano, muitos Estados dão ao candidato vencedor a totalidade dos delegados estaduais.

Além dos delegados eleitos em cada Estado, um certo número de delegados nas convenções são autoridades eleitas e outros líderes do partido.

Estes "superdelegados" não estão comprometidos com nenhum candidato em particular e podem apoiar quem quiserem.

O Partido Democrata reduziu recentemente o número de superdelegados em dois, devido a diversas mudanças entre autoridades, entre elas a renúncia do governador de Nova York, Eliot Spitzer, envolvido em um escândalo sexual.

Reportagem de Andy Sullivan

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below