Consumo de álcool sobe 51% e já deve passar gasolina em abril

terça-feira, 18 de março de 2008 18:06 BRT
 

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O consumo de álcool hidratado, utilizado nos veículos flex, cresceu 51 por cento no Brasil em janeiro, ante igual período de 2007, e alcançou 961 milhões de litros, informou a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) nesta terça-feira.

Considerando as vendas totais de álcool (hidratado e anidro, esse misturado à gasolina) o volume em janeiro ficou próximo de 1,5 bilhão de litros. Segundo cálculos da ANP, o consumo de álcool deverá, pela primeira vez desde o Proálcool, nos anos 80, ultrapassar o de gasolina no mês que vem.

"Se prosseguir o ritmo de expansão do álcool, estimamos que até abril o Brasil vai consumir mais álcool do que gasolina", disse o superintendente da ANP, Édson Silva, lembrando que para que isso aconteça os níveis de preço atuais devem ser mantidos.

O consumo de gasolina C, que conta com uma mistura de 25 por cento de álcool, foi de 2,02 bilhões de litros em janeiro, alta de 2 por cento ante o mesmo mês de 2007.

O de diesel cresceu 10 por cento no período, para 3,34 bilhões de litros.

A diferença de consumo entre álcool e gasolina C em janeiro de 2007 era de 432 milhões de litros a favor do derivado do petróleo.

Em dezembro caiu para 99 milhões de litros e em janeiro para 49 milhões, segundo a ANP, que justifica o crescimento do álcool pelo aumento da frota flex e pelo preço mais vantajoso do biocombustível.

BIODIESEL   Continuação...