CÂMBIO-Dólar opera em baixa, mas monitora Bovespa e exterior

sexta-feira, 18 de julho de 2008 10:45 BRT
 

SÃO PAULO, 18 de julho (Reuters) - O dólar operava em queda nesta sexta-feira, monitorando o comportamento do mercado internacional e a movimentação da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) após a forte queda da véspera.

Às 10h44, a moeda norte-americana BRBY era cotada a 1,596 real, em baixa de 0,25 por cento. Na quinta, o dólar teve alta de 0,19 por cento por conta do tombo de mais de 3 por cento da bolsa paulista.

Nesta sexta, a Bovespa abriu com ligeira alta, mas recuava cerca de 0,8 por cento às 10h44 --ainda assim, com uma pressão menor sobre o dólar do que na véspera. Nos últimos meses, a venda de ações por investidores estrangeiros tem sido um dos principais fatores para a saída de recursos do país.

"O dólar deve ficar como ontem (antes da aceleração da queda da Bovespa), variando um pouco em torno dessa cotação de 1,59 (real)", disse Mario Battistel, gerente de câmbio da corretora Fair.

No exterior, as bolsas de valores exibiam comportamentos distintos, reagindo a diferentes resultados corporativos. As bolsas européias operavam em alta, acompanhando a recuperação das ações de bancos. Mas os índices nos Estados Unidos exibiam queda, afetados pela decepção com os resultados de Google (GOOG.O: Cotações) e Microsoft (MSFT.O: Cotações).

O mercado deve ficar atento também ao comportamento do petróleo, disse Battistel. O barril da commodity, que caiu de forma acentuada nos últimos três dias, subia cerca de 1 dólar nos Estados Unidos pela manhã.

Para analistas do BNP Paribas, a queda do preço de várias matérias-primas, especialmente agrícolas, tem pesado contra a valorização do real. Esses produtos são parte importante da pauta de exportações brasileira.

(Reportagem de Silvio Cascione; Edição de Renato Andrade)